Porque O Meio Do Bolo Afunda?

Porque O Meio Do Bolo Afunda
Quando colocamos mais fermento do que é pedido na receita, o bolo poderá até crescer muito dentro do forno, mas quando retiramos a massa afunda no meio. Isso acontece porque a força de crescimento criada pelo fermento é maior do que a massa pode suportar, ou seja, não há estrutura suficiente.

Contents

Por que o bolo murcha no meio?

ERRO 1: Provocar um choque térmico – Para que um bolo asse do jeito correto, o ideal é ter assar a 180ºC no forno preaquecido (algumas receitas indicam também para assar a 200ºC). Mas, no momento em que abrimos o forno para fazer o teste do palito , por vezes observamos o bolo a baixar logo.

Porque acontece isso? Simples: na maioria dos casos o bolo murcha porque existe uma grande diferença entre a temperatura no interior do forno e a temperatura ambiente , que está mais fria, provocando assim um choque térmico na massa do bolo.

Neste caso, o que fazer para o bolo não murchar? Nosso conselho: quando você observar que o bolo está pronto, desligue o forno e deixe o bolo no interior por mais 5 minutos. Depois abra um pouco a porta do forno, permitindo deste jeito que a temperatura no interior do forno desça gradualmente, evitando o referido choque térmico. .

Porque a massa amanteigada afunda no meio?

Porque O Meio Do Bolo Afunda Porque O Meio Do Bolo Afunda Se existe algo certo nessa vida é que seu bolo um dia vai murchar! É inevitável, de verdade! por Joyce Galvão Se existe algo certo nessa vida é que seu bolo um dia vai murchar! É inevitável, de verdade! Acontece com os melhores profissionais (só que ninguém te conta!) Existem inúmeros fatores que fazem o seu bolo murchar, I-NÚ-ME-ROS! Por exemplo, quando você assa um bolo ele afunda ao assar ou, quando você o tira do forno? Saber isso importa, e muito, para descobrir a causa do desmoronamento, sabia? Por isso é importantíssimo conhecer as possíveis causas para evitar o futuro colapso do seu bolo. O primeiro ponto a entender é: por que o bolo afunda? Uma resposta básica é: o bolo afunda pois não teve estrutura suficiente para suportar o ar formado, que faz o bolo crescer. O bolo também afunda por questões de temperatura durante o processo de assamento.

Temperaturas muito baixas, temperaturas muito altas… Como controlar isso? Com um termômetro de forno! E se você ainda não tem um termômetro e assa bolos profissionalmente… Precisa de um puxão de orelha! Ai, ai, ai!!! A temperatura do seu forno é importante para que o fermento possa agir dentro da sua massa e fazer seu bolo crescer.

Junto a isso, é importante que a estrutura do bolo se forme no momento certo senão, o ar em excesso sem alguém para segurar esses carinhas vai fazer seu bolo afundar. Imagina você segurando 1000 balões! Você provavelmente vai sair voando se ninguém segurar você, certo? É isso que acontece com o fermento dentro do seu bolo! Ele faz o bolo subir.

Se não tiver ninguém para segurar esse ar escapa e puff, seu bolo murcha que tem um balão furado! Além disso, claro, se você não deixou seu bolo assar por tempo suficiente ele também vai afundar. Está cru, oras! Se o caso for esse, o seu bolo afunda após sair do forno.

Agora, se ele afunda dentro do forno, alguns erros podem ser identificados: Não abra a porta do forno antes da hora! As bolhas de ar estão se expandindo com o forno quente, criando máximo volume enquanto o bolo cresce e suas proteínas e amidos estabilizam a massa.

Ao abrir a porta do forno o ar frio, que é mais denso, “amassa” o bolo que faz com que ele murche no centro – que geralmente é a área que ainda não assou. Impaciente? Não quer esperar o cheirinho de bolo? Se a sua massa demora cerca de 30 minutos para assar, aguarde ao menos 3/4 desse tempo para abrir a porta do seu forno.

Mesmo assim tenha certeza que está assado antes de furar o bolo com palito ou retira-lo do forno! Senão… vai murchar! Além disso alguns fornos tem uma variação muito grande de temperatura entre o topo e a base. Por isso sempre coloque o bolo no meio do forno onde, geralmente, a temperatura tende a ter menos variações.

O ar frio é mais denso que o ar quente, porque as moléculas dos diferentes gases que o compõem estão mais próximas umas das outras. Dessa forma, a massa em um determinado volume de ar será maior que a massa do ar quente, que por sua vez terá as moléculas mais distantes umas das outras.

A acidez presente na receita faz a massa ser mais estável. Se, por exemplo, o seu bolo tem bicarbonato demais, ele vai tornar o meio básico e talvez sua massa cresça e murche, já que o pH básico afeta as proteínas estruturais, impedindo-as de se agruparem.

You might be interested:  Qual A Temperatura Do Forno Para Assar Um Bolo?

Por isso é importante sempre trazer um elemento ácido à sua receita! Como saber se tem bicarbonato demais na receita? Se depois de assar o bolo ele afundou e ficou com um sabor metálico, acrescente cerca de 1 a 2 colheres de sopa (15-30mL) de vinagre à massa! Se você não incluir ingredientes de construção de estrutura suficientes em sua receita, o bolo pode desabar.

Enquanto o bolo assa, a massa é empurrada para cima por causa do dióxido de carbono e vapor formados. O bolo precisa de estrutura para manter esse volume e fixar esse crescimento, do contrário, vai afundar… Geralmente bolos sem glúten sofrem desse mal. Sem glúten suficiente o bolo não tem estrutura e ele colapsa, por isso, especialmente em bolos sem glúten, é importante adicionar um ingrediente estruturante a mais, como um ovo extra, um pouco de goma xantana, chia ou linhaça moída… Além da falta de glúten, falta de ovos, em especial claras, que fornecem a estrutura para o bolo suportar todo ar formado através da coagulação das proteínas.

  • Ovos insuficientes, coagulação insuficiente e, portanto… Já sabe, né? Excesso de ingredientes – excesso de fermento, ovos, farinha, açúcar, líquidos… Qualquer excesso vai fazer seu bolo ficar ruim;
  • Falta de estrutura significa falta de algum ingrediente estruturante, em contrapartida pode também ser a causa de excesso de algum outro ingrediente, como líquidos! Muito daquilo, pouco disso é desastroso, por isso é importante respeitar a proporção dos ingredientes e equilibrar o balanceamento da receita;

Excesso de gordura pode fazer seu bolo parecer um vulcão pois é um ingrediente que aporta maciez extra ao bolo. Maciez demais acompanha falta de estrutura, assim como o açúcar que é um anticoagulante e pode atrapalhar a estrutura do seu bolo, por isso bolos com açúcar são mais macios! Agora se o problema é excesso de fermento (seja bicarbonato, fermento ou até excesso de ar no seu bolo por fermentação física ou mecânica), v ocê está formando gás demais sem uma estrutura que acompanhe o crescimento da sua massa.

Esse gás vai escapar que nem um balão furado! O que pode acontecer também com o excesso de líquidos, pois haverá maior formação de vapor e poucos ingredientes estruturantes para equilibrarem com esse excesso.

Aprenda a medir adequadamente seus ingredientes (saiba mais aqui ) e por favor, aceite que balança é o melhor caminho (eu te convenço sobre isso aqui ! ) Então a pergunta que fica é: COMO EVITAR QUE O BOLO AFUNDE? Primeiro é importante saber testar um bolo quando está assado.

É fundamental que o processo de assar esse bolo seja bem-sucedido! Parece óbvio mas, se você faz uma receita que está familiarizado e mesmo assim seu bolo afundou, pode ser que ele não tenha assado completamente, ou você pode estar em um mal dia e pesou algum ingrediente errado.

A sua balança pode estar desregulada e até mesmo seu forno, por que não? Acontece! Sentiu cheiro de bolo? É hora de pegar o palito, furar o CENTRO do bolo (e não as laterais). Saiu limpinho com poucas migalhas grudadas? Está pronto! Outro teste é tocar o bolo com a ponta dos dedos. Se ele ceder e não voltar, significa que não está pronto! E não fique frustrada com as falhas, observe seus erros, pare para pensar e saiba que sempre existe espaço para mais e mais bolos! Quanto mais errar, mais bolos você deve fazer, até acertar! É uma deliciosa maneira de aprender, não acha? .

O que fazer se o bolo não assa no meio?

Quanto tempo leva para assar um bolo no forno? – Outra razão porque o bolo fica cru no centro está relacionada com o tempo que leva para assar um bolo no forno. Se você abrir o forno antes do bolo terminar de assar, ele vai baixar e ficar solado. Se abrir o forno muito tempo depois de assar, o resultado será um bolo seco ou até mesmo queimado.

  • Como referido acima, o fermento usado no bolo ativa com o calor do forno;
  • Por isso, quando você abre o forno, a temperatura no interior do forno sofre uma alteração e o fermento pode não agir como devia para fazer o bolo crescer uniformemente e manter seu tamanho;

Por isso, nunca abra o forno antes dos primeiros 20-25 minutos de cozimento, porque é nessa fase que a massa do bolo cresce, por isso está mais frágil e suscetível a alterações. E quanto tempo leva para assar um bolo no forno? Isso varia um pouco dependendo dos ingredientes usados: um bolo com massa mais úmida demora mais para assar.

  • No geral, 30 minutos com forno a 180ºC é o tempo médio para assar um bolo, no entanto sempre confira o tempo indicado na receita e faça o teste do palito para saber se o bolo está assado no interior;
  • Os bolos de chocolate (exceto os brownies) geralmente demoram mais tempo para assar, podendo ser necessário assar eles por 60 minutos;
You might be interested:  Quanto De Fermento Usar No Bolo?

Conselhos: Lembre que o tempo de cozimento do bolo depende sempre do forno usado. Por isso observe atentamente o cozimento do bolo para garantir que ele não fica cru nem queimado. Se gostou do artigo Porque o bolo fica cru no meio? , sugerimos que entre na nossa categoria de Truques e técnicas .

O que acontece se colocar muito fermento na massa?

Temos de respeitar, “à risca” as quantidades indicadas na receita? – SIM! É da máxima importância respeitar as quantidades indicadas de fermento e/ou de bicarbonato de sódio para atingir bons resultados. Caso seja acrescentado fermento em pó em excesso, o bolo vai “baixar” em vez de crescer e ficar leve e fofo: ficará um bolo frágil pois a estrutura interior cresceu em desproporção com os restantes ingredientes e o bolo não conseguirá suportar a totalidade da massa.

Tem que desenformar o bolo quente ou frio?

Assista à maneira correta de desenformar doces sem quebrar –

  • Formas tradicionais Passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral. O bolo deve estar morno, pois se ainda estiver quente, a massa pode quebrar ou esfarelar e se já estiver completamente frio, é mais difícil de soltar.
  • Aquecer rapidamente o fundo da forma para o caramelo ficar levemente mais fluido. Passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral. Incline levemente a forma e apoie a faca sobre o pudim, fazendo que entre um pouco de ar. Apoie um prato com bordas altas, vire e retire com cuidado a forma.
  • Formas de fundo ou aro removível Geralmente usadas em tortas de massas mais delicadas.
  • passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral. Apoie a forma sobre um copo, para facilitar a retirada do aro, e retire devagar e com cuidado.
  • Apoie a forma sobre o prato de servir, passe uma faca sem ponta, ou espátula em toda a lateral e abra com cuidado a trava do aro.
  • Formas trabalhadas: não é possível passar a faca nas laterais, por isso, sempre devem ser sempre muito bem untadas e polvilhadas.

Faz mal comer massa de bolo cru?

Sim, essa prática pode fazer mal à sua saúde! O ovo usado na massa pode estar contaminado com a salmonela, uma bactéria que pode causar gastrenterite, doença cujos sintomas são febre, náuseas, vômitos, diarreia e dor de cabeça.

Porque o bolo transborda no forno?

Reduza um pouco o fermento – Um dos principais motivos para seu bolo ter transbordado é o fermento em excesso. Geralmente, as receitas pedem 1 colher (sopa) de fermento em pó, mas rasas. Se você colocar a colher muito cheia poderá ocorrer esse problema. Então, a dica é reduzir um pouco a quantidade de fermento na próxima receita.

Como saber a quantidade de fermento?

Medida certa para preparar bolo – Ao contrário de um cozinheiro chef de pratos salgados, que muitas vezes pode usar a intuição para projetar um prato bem sucedido, um confeiteiro precisa seguir alguns parâmetros para conseguir um bolo que cresça, seja leve e macio e tenha o gosto do jeito esperado.

A seguir, siga 4 conselhos para que sua receita saia na medida: 1. Farinha e ovos para dar estrutura, gordura e açúcar para fofura Nos bolos, os ingredientes proteicos, que são a farinha e os ovos, são os principais construtores de estrutura.

Eles são, essencialmente, o que mantém o bolo unido. Gordura e açúcar fazem o oposto, realmente rompendo ou suavizando a estrutura bolo, proporcionando maciez e umidade. Se você tem muitos ingredientes de estrutura, como farinha e ovos, o bolo vai ficar duro e seco.

Se você tem umectantes demais, suavizadores como gorduras e açúcares, o bolo pode não dar ponto. Medida de açúcar igual a de farinha O açúcar deve pesar o mesmo, ou um tiquinho a mais, que a farinha. Mas lembre-se que esta relação é em peso, e não volume.

Uma xícara de açúcar pesa quase o dobro de uma mesma medida de farinha de trigo. Os ovos devem pesar aproximadamente o mesmo que a gordura. Sempre um pouquinho a mais, nunca a menos. Porém, também é importante saber que toda receita tem regras flexíveis, até que você consiga se manter numa variação dentro de 20%.

Quantidade de ovos igual a de manteiga Mas os ovos têm duas partes: clara, que dá crocância aos assados, e gema, que proporciona a textura suave e aveludada. Uma maneira de equilibrar os ovos com a gordura para obter um bolo mais suave é adicionar gemas extras.

A parte líquida do bolo (incluindo os ovos) deve pesar o mesmo que, ou mais do que, o açúcar. Para obter uma quantidade total de líquidos que seja mais pesada do que o açúcar, você pode adicionar mais leite. Quantidade de fermento em relação ao trigo A fermentação do bolo também é uma situação crítica.

You might be interested:  Quanto Tempo Demora Pro Bolo Assar?

Se a receita leva muito fermento e cria bolhas muito grandes, elas flutuam para o topo e estouram levando embora o seu fermento. Aí, você ganha um bolo pesado e denso. Uma colher de chá de fermento em pó para cada xícara de farinha é a quantidade perfeita de fermentação para a maioria das receitas de bolo.

Para o bicarbonato de sódio (que é usado quando a receita tem uma quantidade considerável de ingredientes ácidos), use 1/4 colher de chá para cada xícara de farinha.

Porque fermento faz mal?

O fermento faz mal para a saúde?  – Apesar do fermento químico conter grande quantidade de bicarbonato de sódio, e o consumo exagerado ser um aliado da hipertensão, o ingrediente é ingerido em pequenas porções e misturados nas receitas, ou seja, não o consumimos de forma pura.

O que acontece quando o pão não cresce?

1 – Tipo de fermento errado ou uso errado É possível escolher entre dois tipos de fermento biológico: o seco e o fresco. O fermento fresco, normalmente encontrado na forma de tabletes, possui maior umidade que o seco, mas tem a durabilidade menor e é cerca de 60% menos efetivo.

A diferença entre os dois basicamente é a textura da massa. Ambos podem ser substituídos pelo outro na hora de fazer seu pão, se atentando à quantidade necessária, que muda de para cada tipo de fermento.

O fermento biológico exige quantidade maior do que o seco. 2 – Misturar sal com o fermento biológico É necessário adicionar sal massa, mesmo as doces. O sal inibe a ação do fermento e faz com que o pão não cresce. O sal deve ser adicionado momentos antes de sovar a massa.

  1. 3 – Ativar o fermento em água ou leite muito quente ou muito fria A temperatura da água ou do leite podem matar os fungos do fermento;
  2. Temperaturas altas matam os fungos e muito frias não ativam o fermento;

É necessário calor moderado para ativar o fermento. A temperatura deve ser 40 e 42 graus. Se você não tiver um termômetro para medir a temperatura, tente colocar o dedo no líquido e ficar por 5 segundos. Se não conseguir, está muito quente, se conta até 5 facilmente, está frio.

4 – Sovar a massa por pouco tempo O principal erro é sovar pouco a massa. Sovar dá trabalho e requer de 10 a 15 minutos de “braço” ou investir uma batedeira orbital. Uma dica é sovar em etapas, sove, deixe crescer, sove novamente até atingir “ponto de véu”, quando se estica massa e ela fica elástica a ponto de ficar transparente.

Adicione farinha aos poucos até que a massa descole dos dedos. O mínimo possível para que você trabalhe a massa. 5 – Adicionar a quantidade de fermento errada Caso o seu pão não esteja crescendo o suficiente, você provavelmente está errando algum ponto da receita.

  • Mais fermento não significa uma massa maior ou mais macida;
  • Vai estragar sua receita e descompensar a quantidade dos outros ingredientes;
  • Um envelope de fermento biológico seco de 10g é o bastante para 1kg de farinha;

Para fermento fresco usa cerca de 40g. 6 – Não deixar a massa descansar O processo de fazer o pão é natural. A massa deve descansar de 45 minutos até 2 horas no mínimo. Algumas receitas podem levar horas. 7 – Deixar o pão assando até dourar Siga o tempo e temperatura da receita.

  1. Algumas receitas indicam esperar algum tempo ou até que fiquem dourados;
  2. Mas isso pode deixar a massa seca e pesada;
  3. Respeite o tempo de forno e permita que o pão acabe de assar fora do forno por alguns minutos antes de servir;

Fazer e assar pães requer algumas experiências e um pouco de persistência. Não desista se uma receita não ficar boa de primeira, tente novamente!.

Qual a causa do bolo solar?

Quando o seu bolo fica solado, normalmente é por ter pouca fermentação, mistura de açúcar e até muito líquido na massa. Outro problema, pode estar na temperatura do seu forno e o seu bolo não ter assado na temperatura ideal para ele. Evite abrir a porta do seu forno nos primeiros minutos, para ele não ficar solado.

Porque o bolo transborda no forno?

Reduza um pouco o fermento – Um dos principais motivos para seu bolo ter transbordado é o fermento em excesso. Geralmente, as receitas pedem 1 colher (sopa) de fermento em pó, mas rasas. Se você colocar a colher muito cheia poderá ocorrer esse problema. Então, a dica é reduzir um pouco a quantidade de fermento na próxima receita.